«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

25
Jun 09
Vídeo em espanhol
 
Como recordava Paulo aos Coríntios, para os discípulos de Cristo nada é mais importante do que a caridade: é “a nascente fecunda de todo o serviço à Igreja, a sua medida, método e verificação”: palavras de Bento XVI, ao receber, nesta quinta de manhã no Vaticano, os participantes na reunião das Obras de Ajuda às Igrejas Orientais (ROACO). O Santo Padre congratulou-se com o facto de que continue a crescer “este movimento de caridade que, por mandato do Papa, a Congregação (para as Igrejas Orientais) supervisiona para que, de maneira ordenada e equitativa, a Terra Santa e as outras regiões orientais recebam o apoio espiritual e material necessário para fazer face à vida eclesial ordinária e às necessidades particulares”.
 
Evocando “a alegria” da sua recente peregrinação à Terra Santa, Bento XVI agradeceu a todos os responsáveis eclesiais daqueles territórios pela ajuda fornecida que permitiu tornar frutuosa aquela visita:
 
“Houve muitos momentos de graça, em que pude encorajar e confortar as comunidades católicas da Terra Santa, exortando os seus membros a perseverarem no respectivo testemunho, exercido com fidelidade, celebração e por vezes mesmo com grande sofrimento”.
 
“Tive também ocasião – referiu o Papa – de recordar aos cristãos da região a responsabilidade que lhes toca do ponto de vista ecuménico e inter-religioso, em sintonia com o espírito do Concílio Vaticano II”.
 
“Renovo a minha oração e o meu apelo para que cesse a guerra, a violência, a injustiça. Desejo assegurar-vos de que a Igreja universal permanece ao lado de todos os irmãos e irmãs que residem na Terra Santa”.
 
 Quase a concluir, Bento XVI referiu ainda o Ano Sacerdotal, agora iniciado, pedindo que se assegure a maior atenção aos padres e aos seminários. Neste “singular ano jubilar”, o Papa não esqueceu todos os que vivem situações de especial dificuldade.
 
“Confiei ao Coração de Cristo e da Mãe Imaculada todos os sacerdotes do mundo, com um pensamento especial para aqueles que, no Oriente como também no Ocidente, vivem momentos de dificuldade e de provação”.
 
 O Papa concluiu pedindo que se reze pelos padres e por ele próprio, o Sucessor do Apóstolo Pedro, para que possa desempenhar plenamente a sua missão ao serviço da Igreja universal.
 
 
(Fonte: site Radio Vaticana)
publicado por spedeus às 14:46

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO