«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

23
Ago 09

Vídeo em espanhol

 

Seguir o Evangelho comporta dificuldades e renuncias porque muitas vezes é necessário ir contra corrente. Afirmou Bento XVI neste Domingo em Castelgandolfo antes da recitação da oração mariana do Angelus do meio-dia.
 
“Também hoje, não são poucos aqueles que ficam escandalizados diante do paradoxo da fé cristã. O ensinamento de Jesus parece duro, demasiado difícil de acolher e de pôr em prática. Há então quem o recusa e abandona Cristo; há quem tenta adaptar a sua palavra às modas do tempo desnaturando-lhe o sentido e o valor.
 
Estas palavras de Bento XVI comentavam o episódio evangélico da multidão que abandona Jesus depois do anuncio da sua morte e do dom da Eucaristia porque parece demasiado difícil segui-lo ainda. “Também vos quereis ir embora?, perguntou Jesus aos doze apóstolos.
 
“Esta inquietadora provocação – salientou o Papa - ressoa no nosso coração e espera de cada um uma resposta pessoal. Jesus de facto não se contenta de uma pertença superficial e formal, não lhe é suficiente uma primeira e entusiástica adesão; pelo contrário é necessário tomar parte durante a vida inteira no seu pensar e no seu querer. Porém segui-lo enche o coração de alegria e dá sentido pleno à nossa existência. E de facto os apóstolos responderam “para quem iremos nós Senhor? Tu tens palavras de vida eterna! E nós acreditamos e sabemos que Tu és o Santo de Deus.
 
Queridos irmãos e irmãs – concluiu o Papa dirigindo-se ao cerca de 4 mil fiéis presentes em Castelgandolfo - também nós podemos repetir a resposta de Simão Pedro, conscientes certamente da nossa fragilidade humana, mas confiantes na potencia do Espírito Santo que se exprime e manifesta na comunhão com Jesus. Se abrimos com confiança o coração a Cristo, se nos deixemos conquistar por Ele, pudemos experimentar também nós juntamente com o Santo Cura d’Ars, que a nossa única felicidade nesta terra consiste em amar a Deus e saber que Ele nos ama, seguindo o exemplo da humilde menina de Nazaré, Mãe de Deus e mãe e modelo de todos os crentes.
 
Depois da recitação do Angelus o Papa recordou que neste Domingo na cidade italiana de Rimini inicia a XXX edição do Meeting para a amizade entre os povos que este ano tem como titulo “ o conhecimento é sempre um acontecimento. Dirigindo a sua saudação aos participantes Bento XVI fez votos de que ele seja uma ocasião propicia para compreender que “conhecer não é um acto apenas material, porque …….em cada conhecimento e em cada acto de amor, a alma do homem experimenta um « extra » que se assemelha muito a um dom recebido, a uma altura para a qual nos sentimos atraídos.
 
 
(Fonte: site Radio Vaticana)

publicado por spedeus às 13:06

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO