«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

27
Out 09

Vídeo em espanhol

 

Após três semanas de trabalhos, encerrou-se no último Domingo a segunda Assembleia sinodal para a África. Como explica D. Eterović, secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, os cerca 240 prelados presentes em Roma quiseram reflectir, junto com o Papa, sobre o presente e o futuro da Igreja e da sociedade na África.

“África, levante-se e caminhe!”, é o grito lançado pelos padres sinodais na sua mensagem final; um apelo para que o continente redescubra as suas riquezas e os seus valores. Uma mensagem que insiste ao mesmo tempo sobre o tema da reconciliação, no centro dos trabalhos sinodais.

Na conclusão dos debates, os padres sinodais votaram 57 proposições em seguida entregues ao Papa a fim de que as mesmas sejam utilizadas para a realização de um documento sobre a Igreja na África a serviço da reconciliação, da justiça e da paz.

“O Sínodo foi uma verificação do processo de evangelização no continente africano e sobretudo após a primeira Assembleia Especial para a África do Sínodo dos Bispos que se realizou há quinze anos. Porém, ao mesmo tempo foi uma ocasião para relançar este processo de evangelização adaptando-o às condições actuais de um mundo globalizado no qual África encontra também o seu lugar”.

“Os bispos sublinharam muito a Igreja como família de Deus que peregrina em África (...) que uma vez reconciliada entre todos os seus membros torna-se fermento da reconciliação na África onde infelizmente se registam situações de injustiça, de violência e até mesmo de guerra. Portanto, de um coração reconciliado sai uma força espiritual de justiça, respeito da vontade de Deus, da lei de Deus, e também condição para a construção da paz que esperamos atingirá todos os confins da África, ou melhor o mundo inteiro, sobretudo agora naqueles países onde ainda continuam a violência e a guerra”.


(Fonte: H2O News)

publicado por spedeus às 16:00

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO