«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

29
Out 09
Vídeo em espanhola
 
O Papa Bento XVI recebeu na manhã desta quinta-feira no Vaticano o novo embaixador do Irão junto da Santa Sé para a apresentação das Cartas Credenciais.

No seu discurso o Santo Padre começou por salientar que a Santa Sé deseja defender e promover a dignidade do homem. Deseja também estar ao serviço do bem da família humana, com um interesse particular pelos aspectos éticos, morais e humanitários das relações entre os povos.

O Irão, recordou depois o Papa, é uma grande Nações que possui eminentes tradições espirituais e o seu povo tem uma sensibilidade religiosa profunda. Este facto pode ser um motivo de esperança para uma abertura crescente e uma colaboração confiante com a comunidade internacional.

Hoje – salientou Bento XVI- todos devemos esperar e sustentar uma nova fase de cooperação internacional, mais solidamente fundada nos princípios humanitários e na ajuda efectiva a todos aqueles que sofrem, menos dependente do cálculos frios de trocas e de benefícios técnicos e económicos.

O Papa deteve-se depois sobre a liberdade religiosa e a liberdade de consciência que, disse, são a fonte de todas as outras liberdades. Ao mesmo tempo afirmou que a promoção da protecção da vida, da justiça, e da solidariedade devem ser também objecto de uma colaboração real. Bento XVI não esqueceu de dirigir o seu pensamento á comunidade católica iraniana, que ,sublinhou, está presente no país desde os primeiros séculos do Cristianismo.
 
A Santa Sé confia, disse, que as autoridades iranianas saberão reforçar e garantir aos cristãos a liberdade de professar a sua fé, assegurando á comunidade católica, as condições essenciais para a sua existência, em particular a possibilidade de ter pessoal religioso suficiente para as exigências dos fiéis. O Papa fez votos de que melhore a situação da comunidade cristã no contexto da sociedade civil. E confirmou o empenho da Santa Sé ao lado das igrejas locais, de maneira a ajudar a comunidade católica iraniana a manter vivos os sinais da presença cristã em espírito de harmonia com todos.

A instituição de relações cordiais entre os crentes de varias religiões - disse ainda Bento XVI, dirigindo-se ao novo embaixador do Irão junto da Santa Sé, é uma necessidade urgente do nosso tempo, com o fim de construir um mundo mais humano e mais conforme ao projecto de Deus sobre a Criação.

(Fonte: site Radio Vaticana)
publicado por spedeus às 16:52

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO