«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

28
Abr 10
Bento XVI é um Papa mariano

O livro “MARIA Homilias *Orações *Discursos PAPA BENTO XVI”, uma edição da ‘K Editora’ com prefácio do Reitor do Santuário de Fátima e que assume também um cariz solidário, uma vez que 2% das vendas reverte para a Caritas Portuguesa, foi apresentado, ontem, 27 de Abril, no Santuário de Fátima.

Nuno Cordeiro, editor, sublinhou a importância do momento do lançamento da obra decorrer no Santuário de Fátima, “lugar especial para o mundo católico, para os portugueses”, por se tratar de um livro onde que publica alguns dos principais textos escritos por Bento XVI dirigidos ou sobre Nossa Senhora, seja sob a forma de orações seja de homilias ou discursos.

Presente no momento do lançamento, o Reitor do Santuário de Fátima agradeceu à editora o convite para escrever o prefácio de uma publicação de “grandíssima qualidade”, que consegue nas diversas vertentes do seu conteúdo, nomeadamente textos e fotografias, mostrar uma das “maravilhas mais visíveis para os católicos, a beleza humana e espiritual que é Nossa Senhora”.

Para o Padre Virgílio Antunes, o livro sublinha também a figura do Papa “como elo de unidade de toda a Igreja que vai estar diante de Nossa Senhora em Fátima” e reafirma a importância da Eucaristia para os católicos como “símbolo de uma Igreja que reza e celebra unida”.

Tratou-se de «uma belíssima iniciativa que não só desperta interesse, mas ajuda a contextualizar, a dar o pleno enquadramento» da viagem apostólica de Bento XVI, afirmou.

Quanto a Bento XVI, o Reitor do Santuário de Fátima destaca que todos os católicos precisam de ouvir a sua palavra, “uma palavra firme, segura, certa”.

Convidada pela ‘K Editora’ a falar sobre a obra, a jornalista Aura Miguel, sublinhou “o impacto da beleza deste livro”, com uma capa “belíssima” e “uma força que se repercute no seu interior”.
A propósito da publicação na obra da homilia proferida em Fátima em Outubro de 1996, pelo ainda então Cardeal Ratzinger, Aura Miguel relatou uma “peripécia” que lhe foi descrita por um Servita de Nossa Senhora que, ao ser chamado ao quarto de Joseph Ratzinger, encontrou o cardeal a ler, de joelhos, em voz alta, a homilia, para treinar a correcta dicção. Para a jornalista este gesto mostra a simplicidade do actual Papa.

«Se muitas vezes foi dito que João Paulo II era o Papa mariano, com este livro fica provado que Bento XVI também o é», afirmou a jornalista Aura Miguel na apresentação da obra.

(Fonte: Boletim Informativo do Santuário de Fátima 55/2009, de 28 de Abril de 2010)
publicado por spedeus às 15:22

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO