«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

28
Jan 09

 
 
O metropolita Kirill foi eleito Patriarca da Igreja Ortodoxa russa, com 508 votos, enquanto o outro candidato, o metropolita Kliment, de Kaluga e Borovsk, apenas conquistou o voto de 169 de mais de 700 membros do concílio reunido em Moscovo.
 
Kirill tornou-se o primeiro patriarca da Igreja Ortodoxa russa a ser eleito desde o fim da União Soviética, em 1991. Até aqui responsável pelas relações com o exterior dos ortodoxos russos, o metropolita de Kaliningrado e de Smolensk, de 62 anos, sucede a Alexis II, que morreu em Dezembro de 2008.
 
A Igreja Ortodoxa russa tem 165 milhões de seguidores.
 
Falando com os jornalistas o director da Sala de Imprensa da Santa Sé Padre Frederico Lombardi disse que o Papa – informado da eleição – olha com confiança para a prossecução das relações entre ortodoxos e católicos auspiciando que Kirill possa desempenhar o melhor possível o seu importantíssimo ministério.
 
Num comunicado o Conselho Pontifício para a promoção da unidade dos cristãos manifesta a própria satisfação pela eleição de um Patriarca com o qual mantém relações fraternas desde há muitos anos.
 
Confiamos – salienta o comunicado – de poder continuar o caminho comum de aproximação que iniciámos. Certamente não queremos perder de vista as dificuldades que ainda permanecem, mas estamos dispostos e desejosos de cooperar mo campo social e cultural para testemunhar os valores cristãos, sem contudo esquecer que a finalidade ultima do diálogo é a realização do testamento de Jesus Cristo nosso Senhor, isto é a comunhão plena de todos os seus discípulos.
 
(Fonte: site Radio Vaticana)
 
 
 
 
Redobremos as nossas orações em comunhão com Bento XVI para que os esforços iniciados pelos seus antecessores consolidem e construam novas pontes para a unidade dos cristãos.
 
 
 
(JPR)
publicado por spedeus às 00:00

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO