«Creio para compreender e compreendo para crer melhor» (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9) (Santo Agostinho, Sermão 43, 7, 9)

27
Mai 09

Por três vezes, o grupo SLN esteve para ser vendido. Só não o foi devido à oposição de quatro dos seus accionistas, disse ontem, na Comissão de Inquérito ao caso BPN, Oliveira e Costa, o único homem envolvido neste caso de polícia que até hoje está acusado e preso.Disse-o em tom de acusação para provar que não fora isso e “ninguém estaria ali…”.

 

Esta certeza de Oliveira e Costa é a mais angustiante das dúvidas para os contribuintes portugueses. Ninguém que tenha seguido os trabalhos da Comissão pode com certeza contradizê-lo. E isso não é apenas mau, é péssimo.

 

A simples hipótese de que todo o desvario de gestão, hoje comprovado pudesse simplesmente continuar a ser desconhecido dos supervisores e de todos nós é, por si só, um novo atestado de incompetência aos reguladores e mais um golpe na frágil confiança no sistema bancário e no próprio sistema de justiça nacional.

 

Não podemos continuar na dúvida. Quinze meses depois da saída do banco de Oliveira e Costa, seis meses depois da nacionalização do BPN, os portugueses têm o direito a saber que, pelo menos aqui, Oliveira e Costa não tem razão. Mais cedo ou mais tarde, as autoridades sempre lhe lançariam a rede que o levou à prisão. Acompanhado de todos os seus cúmplices. Porque não é mais crível que este tivesse sido um crime de um homem só.

Esperemos que amanhã o relatório a apresentar pela gestão pública do Banco não nos desiluda. E nos diga, não só quanto custará a factura da nacionalização, mas quem fez o quê e como se chegou ali. Seis meses é tempo mais do que suficiente para apurar a verdade!


Graça Franco


(Fonte: site RR)

publicado por spedeus às 19:18

«Dá "toda" a glória a Deus. - "Espreme" com a tua vontade, ajudado pela graça, cada uma das tuas acções, para que nelas não fique nada que cheire a humana soberba, a complacência do teu "eu".» São Josemaría Escrivá – Caminho, 784 O ‘Spe Deus’ tem evidentemente um autor que normalmente assina JPR e que caso se justifique poderá assinar com o seu nome próprio, mas como o verdadeiramente importante é Deus na sua forma Trinitária, a Virgem Santíssima, a Igreja Católica e os seus ensinamentos, optou-se pela discrição.
NUNC COEPI - Blogue sugerido para questões de formação, doutrina, reflexões e comportamento humano
http://amexiaalves-nunccoepi.blogspot.com/
subscrever feeds
links
pesquisar neste blog
 
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

blogs SAPO